Churrasco360 Comer e Beber Lifestyle

Pitmasters BBQ: churrasco americano oferece carreira promissora e conquista paladar dos brasileiros

A técnica e a cultura do american BBQ ou smoked BBQ (churrasco americano ou churrasco de defumação) vem se disseminando cada vez mais no Brasil. Destaque na revista Forbes, na TV e em diversos outros veículos nos últimos meses, essa nova modalidade tem atraído milhares de entusiastas por aqui, muitos deles, inclusive, passaram a fazer do hobby uma profissão.

Pit é uma carreta de defumação de carnes. Foto: Tricia Vieira Fotografia

A carne defumada por horas,  que conquista o paladar dos brasileiros pelo sabor acentuado e maciez, é feita em uma carreta defumadora chamada pit, por isso, o mestre churrasqueiro é chamado pitmaster.

Daniel Lee, pitmaster e primeiro brasileiro juiz da KCBS

Daniel Lee, de 34 anos, é pioneiro em uma profissão que ganha cada vez mais espaço no Brasil. Há sete anos buscando especialização em churrasco americano, tornou-se pitmaster (mestre churasqueiro) e o primeiro brasileiro juiz e membro da maior entidade de churrasco do mundo, a Kansas City Barbeque Society (KCBS), nos Estado Unidos.
Foto: Tricia Vieira Fotografia
Antes de ser um dos maiores nomes do american barbecue do mundo, foi dono de uma indústria têxtil em São Paulo. Casado, pai de duas meninas, ele refletiu muito antes de largar definitivamente a carreira executiva e mergulhar de cabeça no novo projeto, há dois anos.
Apesar de parecer uma aventura perigosa, Daniel pesquisou muito, estudou com os mais renomados especialistas e tomou sua decisão ao observar que havia público e ambiente propício para sua nova carreira no país.

 

 

Workshop de American BBQ em São Paulo
Atualmente, Daniel é um profissional respeitado internacionalmente e, além de participar de competições da KCBS, ministra cursos​​ para formar novos especialistas no assunto como ele. A cada turma, certifica 30 alunos de todo o país. Em dois anos, mais de 700 pessoas já aprenderam as novas técnicas com Lee. As próximas datas são 14/10, 18/11 e 16/12.
Pitmasters Brasil
Com tantos profissionais, Daniel, fundou a Pitmasters Brasil, primeira entidade dedicada ao American BBQ no Brasil, organizadora do Campeonato Nacional de Pitmasters BBQ. “A cultura do american barbecue utiliza cortes que o brasileiro considera “carne de segunda”, como o peito bovino, mas vamos mudar essa percepção e formar talentos pitmaster aqui, o que aumenta a força do país em toda a cadeia produtiva da carne”, defende Daniel, que realizou, até outubro de 2017, três etapas da competição no País.

 

Segundo Pitmasters Brasil, em Campinas. Fotos: Tricia Vieira
Técnica de defumação (american BBQ)
A técnica de defumação do churrasco americano é um dos métodos de cocção mais complexos no preparo de carnes. O Smoked BBQ chama atenção e vira espetáculo devido ao uso de carretas defumadoras, que produzem carnes extremamente macias e saborosas por meio da longa cocção (que pode durar até 14 horas) em baixa temperatura com uso de fumaça de lenhas de árvores frutíferas.

“Daniel Lee, além de ser um apaixonado por carnes, é uma pessoa  extremamente determinada em pesquisar e estudar as técnicas  nos seus mínimos detalhes. Das referências brasileiras em Dry Aged e smoked bbq, classifico o  Daniel como o mais técnico de todos, com a experiência aprendida e adquirida nos últimos anos,  principalmente nos Estados Unidos ( Nova York, Nashville e Austin)”, analisa Roberto Barcellos, consultor da Beef & Veal.

 

Pitmaster: Nova oportunidade profissional 

 

De olho nesse novo mercado, o gerente de atendimento de uma gráfica de Vitória (ES) Aldo Furtado saiu de sua casa, viajou a São Paulo, para ficar 12 horas em um dia com o especialista Daniel Lee. “Não tenho curso superior e busco minha independência financeira. Meu pit já está em produção e chega em 15 dias. Certamente vai levar um tempo pra eu largar tudo, porém, está no meu projeto pessoal. Sempre trabalhei por conta própria, estou nessa empresa por ter sido uma oportunidade bacana, porém, não é minha paixão. Meu objetivo é trabalhar com o que gosto de fazer e a resultado financeiro acaba vindo como consequência”, explica Aldo. “Como o American BBQ é algo muito novo aqui no Brasil, eu precisa de uma referência “real” para aprender a parte técnica de verdade, pois buscava apenas informações na internet e muita coisa não se encaixava”, conta ele.

 

Negócios em crescimento: fabricação de pit no Brasil

 

Para trabalhar como pitmaster, é necessário ter a churrasqueira de defumação, o pit, que poussui compartimentos fechados para a carne e outros para a lenha: isso mesmo, o american barbecue utiliza lenha para proporcionar à carne um processo de cocção que, apesar de mais demorado que o churrasco tradicional brasileiro, deixa a peça mais macia e saborosa. Inclusive, esqueça a picanha e a fraldinha. No churrasco americano, são utilizadas carnes que o brasileiro considera “de segunda”, como o peito bovino, chamado de “brisket”.

 

Quando Daniel Lee se especializou em churrasco americano, não havia fabricação das churrasqueiras pit no Brasil. Mas, atualmente, esse cenário vem mudando a cada dia. Anderson Amar, da Smoke Texas BBQ, fabricante de pits, explica que a procura pelo equipamento por pessoas como Aldo é cada mês maior.
“Em média, um pit profissional custa R$ 25 mil. Vendo mais de 2 por mês. Agora, estamos fabricando o pit doméstico, que custa R$4.300, para quem quer ter esse churrasco em casa. Nos últimos 15 dias, já foram feitos 9 pedidos desse tipo”, afirma Anderson.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s